Hoje vou falar dos perigos da digitalização e dos erros que cometi quando coloquei meu negócio online, mas não com o intuito de provocar medo em você, mas de alertá-lo para que você cometa novos erros, mas não os mesmos. Afinal, ninguém precisa quebrar a cara para aprender, basta observar quem já passou pelas mesmas experiências, concorda?

Vou mostrar aqui os principais erros que cometi quando, munida de mais expectativas do que conhecimento, coloquei meu negócio online. No que depender de mim, você será bem mais assertivo do que eu e não vai perder tempo nem dinheiro na digitalização do seu negócio. Preparado? Venha comigo!

1. Pressa pelos resultados + teimosia

Quem me conhece sabe que sou acelerada por natureza e isso nem sempre é tão benéfico assim. Quando coloquei meu negócio online, achei que eu colheria os resultados em pouco tempo, afinal, eu estava investindo alto nisso! Mas, para a minha frustração, não foi bem assim que aconteceu.

Por quê? Porque investi em ações que eu não tinha certeza se funcionariam e insisti nelas exatamente porque eu já tinha investido muito (tempo, dinheiro e milhões de expectativas). Segui o caminho que os outros já tinham seguido, que parecia mais seguro e tranquilo, mas percebi que ele não tinha o meu DNA, não combinava comigo, além de tudo.

Por isso, a minha dica é: estude bem a sua persona (ou público) e cada ação (se elas estão alinhadas com a sua persona e com os seus objetivos). Só depois disso, invista em determinada estratégia para o seu negócio online. E, se der errado, avalie se vale à pena continuar. Não insista por pura teimosia, combinado? 

2. Colocar um dos meus negócios na frente do meu nome

Criei um produto digital que me trouxe reconhecimento e resultados positivos que colho até hoje. Mas, no calor da empolgação diante dos ótimos resultados, investi cada vez mais nesse produto e acabei esquecendo de investir no meu nome.
O resultado? Me perdi no caminho. Felizmente, tenho a mania de me cercar de pessoas competentes, cada uma na sua área, e uma delas me alertou para o caminho que eu estava seguindo. Avaliei a situação, reconheci e mudei algumas ações.

3. Querer estar em todos os lugares

Leia também: 10 Dicas para pós-digitalizar o negócio

O digital é um mundo cheio de possibilidades e oportunidades e, por esse motivo, é natural que a gente deseje estar em todos os lugares possíveis, ainda mais se estamos começando nessa aventura que é o negócio online. Foi exatamente isso que aconteceu no meu caso, ignorei onde a minha persona estava e foquei onde eu queria estar: em todos os lugares, claro! Com isso, gastei o que eu não precisava e falei com quem não me escutava. Até que um dia percebi o que eu estava fazendo e fiz um levantamento mais apurado de onde eu deveria estar a partir daquele momento.

Por isso, estude e foque na sua persona e escolha com cuidado cada mídia, plataforma e rede social para comunicar a sua marca. Estude, planeje e selecione. Avance, volte se for preciso e esteja sempre atento ao jogo.

Além de escolher as redes sociais em que você deve estar e se posicionar, é fundamental escolher uma ferramenta de gestão para auxiliar você na sua rotina. Ela é útil para armazenar os dados, as conexões e cada ação que você tomar. Afinal, um dia você pode acordar e ver que determinada rede social não existe mais, que seu número foi clonado e que você perdeu todos os seus contatos e informações. Ninguém quer isso, mas infelizmente ninguém está livre.
Eu, por exemplo, uso o Trello, que me ajuda demais na minha rotina, mas existem inúmeras ferramentas de gestão para você testar e escolher a que melhor se adapta a sua vida.

4. Fazer tudo sozinho

Fazer tudo sozinho, principalmente no início do processo, é natural e tentador, mas não é sustentável a longo prazo. Isso porque você acaba cansando de fazer tudo, não consegue fazer o seu trabalho (aquilo que você faz de melhor), além de não conseguir alcançar bons resultados, afinal, apesar de querer e se esforçar, você não consegue ser bom em tudo.
Considerando tudo isso, sugiro que você se alie a profissionais competentes e comprometidos para que cada um faça a parte que lhe cabe nessa missão. Dessa forma, os resultados começam a aparecer na medida em que o trabalho ganha em qualidade. É tão bom ver quando essa química acontece!

Alguns exemplos: se você não é especializado em criar sites, não faça o seu, nem para economizar. O retrabalho custa mais do que a economia inicial, acredite. Sei que é melhor feito do que não feito, mas divulgar um trabalho de qualidade duvidosa também comunica. Portanto, fique atento ao que você pode e ao que você não pode fazer sozinho e não tenha medo de delegar. O sucesso, quando é compartilhado, é mais forte ainda!

5. Delegar demais

Acabei de falar que muitas vezes é necessário delegar, eu sei. Mas existem coisas que não se pode passar adiante a responsabilidade. Uma delas é a estratégia do seu negócio. 

Outra coisa que não é indicado delegar é o controle do seu negócio online, ou não, principalmente se você for empreendedor. Não estou dizendo para centralizar tudo em você, só peço que você saiba, pelo menos o básico, de todas as áreas envolvidas na digitalização do seu negócio, para ser capaz de avaliar os resultados e ir acompanhando os avanços ou a ausência deles. Eu, por exemplo, sei avaliar que ações estão dando resultado e que ações preciso ajustar ou abandonar para chegar no objetivo que eu quero.

E, por falar nisso, não delegue os objetivos e muito menos os seus sonhos. Esse comando deve vir de você e, mais do que isso, deve contagiar e inspirar toda a equipe. É o famoso propósito ou o porquê do seu negócio. Nunca esqueça dele por nada nesse mundo.

Então, se identificou com algum desses erros que cometi? Espero te ajudar a evitar cada um deles. E se, por acaso, mesmo assim você errar nas mesmas coisas, avalie, reconheça e ajuste a rota, se for o caso. O maior perigo da digitalização e de qualquer outra coisa é não arriscar e se acomodar na zona de conforto. Os erros são oportunidades de aprendizado e evolução, por isso, não se culpe e nem culpe ninguém por eles, certo?

Cola em mim que juntos podemos ir mais longe. Com leveza, foco e coragem.

Um abraço e até a próxima!

Participe do próximo evento de networking no dia 21 de Setembro. Clique aqui e inscreva-se!

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here