Além de a inteligência emocional e artificial serem aliadas na sua evolução como ser humano e como profissional, elas são aliadas entre si. Isso porque, ao contrário do que algumas pessoas pensam, a inteligência artificial não chegou para tirar lugar do trabalho humano, mas sim, para agregar valor a ele. Portanto, os dois juntos podem fazer milagres, mas, separados e disputando espaço, não funcionarão.

Como afirmam Erik Brynjolfsson e Andrew Mcafee, especialistas em inteligência artificial e pesquisadores do MIT: “na próxima década, a inteligência artificial não substituirá os gestores, mas os gestores que adotarem a IA substituirão os que não o fizerem.”

Em outras palavras, a inteligência emocional e a artificial podem te impulsionar a prosperar, mas somente se você aceitar que este é um caminho sem volta e parar de lutar contra a maré. E por falar em prosperar, você sabe qual é o seu nível de prosperidade? O que você precisa destravar na sua vida? O que você NÃO faz e que está impedindo o seu crescimento e os seus resultados? Já conseguiu descobrir?

Descubra seu nível de prosperidade

Para resumir, eu posso te ajudar nisso com o prosperômetro, um teste já feito por mais de 5 mil pessoas, mas que agora utiliza o poder da inteligência artificial para contribuir com o seu desenvolvimento. É bem simples, você faz o teste e, além do resultado, recebe conteúdos exclusivos e gratuitos para desenvolver o que você precisa. Para realizar o teste é só clicar aqui!

Agora vou falar sobre a inteligência emocional, afinal, sem ela, ninguém pode prosperar em nada na vida, não é verdade? Mas como saber se eu tenho inteligência emocional, você pode estar se perguntando. Conforme Travis Bradberry, coautor do livro “Emotional intelligence 2.0”, somente testes psicológicos específicos e geralmente caros podem dar essa resposta. Mas, para facilitar as coisas, o autor listou 10 características e atitudes de profissionais com um bom nível de inteligência emocional. Confira:

1. Saber descrever as emoções de uma forma clara

Está aí uma qualidade rara e que faz toda a diferença para quem tem e para quem convive com essa pessoa. Afinal, é muito mais fácil lidar com sentimentos e sensações se você sabe exatamente quais são.

2. Conhecer e aceitar o seu lado mais frágil

Quando você conhece e aceita as suas fraquezas, você é capaz de lidar com elas de uma forma consciente. Isso possibilita que você melhore esses pontos com o tempo.

3. Ser um bom juiz

A empatia de saber identificar e interpretar os sentimentos, intenções e motivações dos outros faz de você uma pessoa mais justa e ponderada, além de mais inteligente emocionalmente.

4. Não se ofender por qualquer coisa

Essa habilidade está diretamente ligada ao nível de autoconfiança da pessoa, o que faz com que ela releve muita coisa. Mas não porque ela gosta de “engolir sapos”, mas sim porque essas coisas não a atingem emocionalmente. Acima de tudo, é uma questão de exercitar essa competência fortalecendo a mente todo santo dia. 

5. Conseguir dizer “não”

Não existe inteligência emocional com sobrecarga de atividades e pesos mentais. Portanto, dizer “não” para as coisas certas é fundamental para a sua saúde física e mental. Aprenda o quanto antes! Como já falei nesse artigo, você não precisa agradar todo mundo o tempo todo.

6. Saber se perdoar

Parar de viver no “e se”, ou seja, remoendo o passado e os erros cometidos na sua gestão só faz andar para trás. Em outras palavras, não gera aprendizado, só sofrimento desnecessário porque você não pode mudar nada do que já passou, concorda?  Entretanto, você não precisa esquecer o passado, apenas encará-lo com um olhar de aprendizado e experiência. Você fez o que pode com o que você sabia na época. Pense nisso.

7. Não guardar mágoas

Saber perdoar os outros não é uma tarefa fácil, eu sei, mas não existe outro jeito pra evoluir e prosperar na vida. Guardar mágoas, além de fazer mal à saúde física, causa danos enormes à saúde psicológica das pessoas. Portanto, faça o que for preciso pra sair dessa armadilha. 

Leia também: A importância do equilíbrio da saúde mental

8. Praticar a generosidade

O que isso tem a ver com inteligência emocional? Tudo! No momento em que você consegue ajudar o outro sem esperar nada em troca, pensar no outro naturalmente, você constrói relacionamentos fortes e verdadeiros. 

Leia também: O poder da reciprocidade em sua vida

9. Lidar com pessoas difíceis

Não adianta, cedo ou tarde, essas pessoas aparecem nas nossas vidas. O indivíduo que consegue lidar bem com elas é aquele que identifica seus próprios sentimentos diante delas, respeita o lado delas e consegue achar soluções para todas as partes. Tudo isso sem se descontrolar e criar um climão desagradável.

10. A perfeição não faz parte dos seus objetivos

Pessoas inteligentes emocionalmente não buscam algo que não existe e lidam com os desafios como desafios e não como problemas intransponíveis. Assim como as pessoas difíceis, os problemas aparecem, você querendo ou não. Portanto, saber lidar com eles é um traço forte da inteligência emocional.

E aí, conseguiu se identificar com algumas dessas características? Se você viu que não tem muitas delas, não se preocupe porque o mais importante é tomar consciência disso e procurar trabalhar cada uma delas no seu tempo. 

Costurando os dois assuntos deste artigo – inteligência emocional e inteligência artificial – à medida em que você vai trabalhando a inteligência emocional, encarando e lidando com suas fraquezas e limitações, você começa a enxergar a inteligência artificial com outros olhos. Aquele olhar de quem sabe que ela pode ser a sua grande aliada no seu desenvolvimento e na sua prosperidade. 

Viu só como as duas coisas se casam perfeitamente? Uma impulsiona a outra e as duas dão o empurrãozinho que você precisa para evoluir e realizar seus sonhos. Cole nelas, combinado?

E se quiser impulsionar ainda mais a sua vida, continue acompanhando os meus conteúdos e novidades.

Um abraço e até a próxima!

Fontes: 

Revista Harvard Business Review Brasil – Edição Novembro 2017

Exame.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here