A maioria das pessoas já sabe do poder que o cérebro tem nas decisões, hábitos e, consequentemente, no sucesso. Inclusive, existem vários bons autores que compartilham seus estudos sobre este tema com frequência. Mas o que pouca gente sabe é que temos o poder de reprogramar o nosso cérebro para o sucesso que buscamos e que cada um de nossos pensamentos e atitudes influenciam diretamente nos nossos resultados.

Meus mais de 20 anos de experiência como mentora comportamental me dá o aval para falar sobre como a mente age e como podemos reprogramar o cérebro para o sucesso. Sei que você pode estar achando que é muito difícil controlá-lo, mas, como tudo nessa vida, é uma questão de treino e de hábito. O mais importante é que vale a pena qualquer esforço nesse sentido. Vem comigo!

  1. Reconheça suas crenças e seus medos

Seja qual for a sua realidade atual, você, mesmo não tendo consciência, está seguindo padrões comportamentais e crenças absorvidos ao longo da vida. Por exemplo, às vezes, parece que você não sai do lugar mesmo se dedicando e fazendo diferente.

Isso acontece porque, além do consciente, existe o inconsciente que influencia as suas decisões, os seus pensamentos e os seus sentimentos. Mas não pense que você não pode fazer nada a respeito. Pelo contrário, só você pode mudar isso. O primeiro passo é identificar as principais crenças que influenciam nos seus pensamentos e atitudes.  

As crenças, adquiridas desde a infância, direcionam tudo o que acreditamos que podemos ou não fazer. Elas definem o que achamos de nós mesmos e, consequentemente, como os outros nos veem. Mais do que isso, as crenças determinam o significado de cada coisa, como o dinheiro, para dar um exemplo mais impactante.

Em outras palavras, tudo o que você acredita sobre dinheiro determina como e quanto você terá dele. Sim, eu sei que é grave e é por isso mesmo que eu insisto em falar sobre este tema sempre que tenho oportunidade. 

Seus medos, por sua vez, são capazes de criar os seus limites, aqueles que muitas vezes parecem intransponíveis. Eles têm origem nas crenças e vão minando sua vida de uma forma tão natural que você passa a acreditar que eles são parte de você, do seu jeito de ser. Quanto mais você se conectar com os medos que sente, mais fácil será de lidar, entender, ressignificar e buscar o que você está se propondo.

Leia também: https://blog.fernandatochetto.com.br/carreira/9-crencas-que-bloqueiam-seu-crescimento-pessoal-e-profissional/

  1. Instale novas crenças

Você tem toda a razão, instalar novas crenças não é como ligar ou desligar uma chave. Assim como muitos outros, é um processo que abrange um passo de cada vez, além de autoconhecimento e muita persistência. 

Cabe a você decidir o que não quer mais acreditar e com o que vai substituir. Por exemplo: “eu mereço porque estudo, me dedico, presto atenção no que está acontecendo.” Se você é, você pode. Pode escolher transformar seu resultado, fazer o que quiser, se estiver no controle da sua mente. 

Para instalar novas crenças, existem duas técnicas apresentadas no meu livro que vão auxiliar você na reprogramação das suas crenças, a treinar o seu cérebro com disciplina para que ele se fortaleça com novas programações.

Para que ele passe a acreditar em novas formas de pensar, sentir, fazer e agir que podem ser despertadas dentro de você: a visualização do seu futuro e as autoafirmações e mantras. 

Visualização do seu futuro — Ensaio mental:

ensaio mental significa ensaiar mentalmente, na sua cabeça, o que você quer que aconteça na sua vida. Você pode ensaiar mentalmente uma série de coisas e situações: as etapas de cada projeto, as interações com as pessoas (equipe e público), os novos hábitos que você quer instalar na sua rotina, cada um dos seus sonhos realizados, os resultados que você deseja. As possibilidades são infinitas.  

Joe Dispenza, médico americano, neurocientista, professor, pesquisador e autor de “Quebrando o hábito de ser você mesmo”, “Você é o placebo”, em entrevista a Wallace Lima em 15.10.20, afirma que, para mudar e criar uma nova realidade, a pessoa deve estar no momento presente e se dissociar de tudo o que é conhecido em sua vida.

Imaginando uma nova realidade e vivendo a emoção antes da experiência real, você consegue muito mais do que criar essa realidade ideal, você é capaz de mudar seu corpo biologicamente. Por isso, não se pode esperar pela cura para se sentir grato, não se pode esperar pela sua nova carreira para se sentir realizado. Isso é apenas causa e efeito. O objetivo é causar um efeito, aquele que desejamos. 

O ensaio mental faz parte da minha vida há mais de dez anos. É uma ferramenta que traz clareza, foco e que já testei com muitas pessoas que me agradecem até hoje. Ele ajuda a processar a dinâmica das tarefas e de um projeto.

A prática de visualizar o futuro, parte do exercício do ensaio mental, ajuda você a reconhecer e a instalar novas crenças. Este movimento é essencial para despertar suas crenças fortalecedoras. Você precisa de novos comandos para os seus pensamentos, para reprogramar o seu cérebro para o sucesso. Essas ferramentas têm o poder de mudar a realidade. 

Autoafirmações e mantras:

as autoafirmações e os mantras servem para fortalecer seu compromisso diário com as ações e ajudar a criar crenças fortalecedoras. É uma ferramenta para manter-se forte e focado diante dos desafios que vão se apresentando (não dá para evitar ou fugir deles), ajudando você a reagir mais rapidamente aos acontecimentos.

Leia também: https://blog.fernandatochetto.com.br/acoes/mapa-dos-sonhos/

  1. Domine o seu consciente

Conforme Joseph Murphy, autor de “O poder do subconsciente”, nós temos a capacidade de programar o subconsciente, que fica aberto ao que plantamos nele, ou seja, pensamentos, sentimentos e sensações. Se tudo isso for positivo, coisas boas acontecem na sua vida.

O contrário também é verdadeiro, infelizmente. Joseph compara o consciente ao jardineiro e o subconsciente ao jardim. Ou seja, você define o que plantar, o que cultivar e o que semear. Ao final, você colhe o que plantou, como já diz o velho ditado popular. 

É interessante esse ponto de vista porque costumamos ouvir que não temos controle sobre o nosso subconsciente, que, aliás, forma cerca de 90% da mente. Mas ele depende do que fazemos conscientemente, ou seja, de tudo o que acreditamos, fazemos, decidimos, como nos comportamos, o que falamos, enfim, tudo o que faz parte da nossa vida diária e consciente. 

Ainda segundo o autor, o sono tem um importante papel no subconsciente, que trabalha sem parar para a recuperação do corpo e da mente e em busca de respostas. O sono influencia na paz interior, na saúde do corpo e na recarga espiritual.

Um sono de pouco tempo e pouca qualidade pode causar depressão, irritação e até distúrbios mentais. O autor diz que, em estado sonolento, a mente fica reduzida a um nível mínimo. Por tudo isso, procure dormir 8 horas por dia, relaxe, tenha pensamentos positivos antes de adormecer e ao acordar. Policie-se mesmo. 

Leia também: https://blog.fernandatochetto.com.br/mindset/o-poder-do-mindset/

E aí, gostou das 3 estratégias para reprogramar seu cérebro para o sucesso?

Lembre-se que no início pode parecer uma missão impossível, mas, com a força do hábito, você consegue praticar essas estratégias e sentir os resultados na sua rotina. 

Deixa eu te ajudar a tirar seus projetos do rascunho e despertar seu potencial para você conseguir atingir seus objetivos?

Clique aqui se inscreva na LISTA DE ESPERA para participar da próxima mentoria SAIA DO RASCUNHO que começa dia 8 de novembro! Ainda dá tempo de virar a chave antes do ano acabar!

Pronto para dar o primeiro passo? Vai que eu te ajudo no caminho. 

Um abraço e até a próxima!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here