Antes de falar sobre a importância de ter disciplina na vida, alerto que precisamos nos livrar de algumas crenças em relação à palavra disciplina que podem estar te afastando dela neste exato momento, sem você se dar conta.

Para resumir, costumamos vincular a palavra com a ideia de regras, rigidez, obrigações chatas e assim por diante. E desse jeito vamos nos afastando de todos os benefícios que a disciplina pode trazer para as nossas vidas, como foco e determinação para realizar sonhos e projetos.

Leia também: Comportamento é estratégia fundamental para seu negócio dar certo

O que você ganha sendo uma pessoa disciplinada, afinal?

Ter um bom nível de disciplina é ser comprometido com seus objetivos, sejam profissionais ou pessoais. Com ela, você vai até o fim e não desiste. 

Algumas coisas que você ganha com ela:

  • Mais tempo livre para você;
  • Melhor qualidade de vida;
  • Mais foco no que é importante fazer naquele momento;
  • Menos frustrações e culpa;
  • Menos desculpas;
  • Uma rotina mais prazerosa;
  • Mais produtividade;
  • Mais sonhos e projetos realizados;

Como ter mais disciplina na vida em 7 passos simples:

Passo 1. Primeiro saiba o que você quer e aonde quer chegar

Afinal, ter disciplina nas coisas erradas não vai te levar a realização, concorda?

Sendo assim, resolva quais são seus sonhos e objetivos e trace suas metas. Decida se você quer mudar e em quem você quer se transformar. Mesmo que essa etapa leve um tempo maior, invista nela, caso contrário, a sua disciplina será desperdiçada. 

Segundo Eduardo Volpato, autor de “Decida Vencer” e criador do método “Poderosamente”, é necessário mapear o Estado Atual (EA) e o Estado Desejado (ED) para que sejamos capazes de enxergar o que podemos mudar sozinhos, seguindo a nossa própria visão de mundo e sobre o que desejamos para nós, e não baseados no que os outros acham que devemos querer.

“A grande verdade é que você é a pessoa que escolhe ser. Todos os dias você decide se continua do jeito que é ou muda. A grande glória do ser humano é poder participar de sua autocriação.” ROBERTO SHINYASHIKI

Passo 2. Tenha planos possíveis

Os planos ideais nem sempre são os planos possíveis para esse momento da sua vida. Eles precisam casar com a sua rotina e com suas necessidades, caso contrário, os resultados são: procrastinação e frustração. 

Como sei que você não quer isso, a solução é criar metas possíveis, mesmo dentro de um sonho grande e ambicioso. Por exemplo, mesmo que você precise perder 10 kg, ao invés de focar em perder 10 kg em um mês, pense em perder 2 kg neste período e vá cuidando para perder mais e traçando novas metas.

Passo 3. Transforme a disciplina em um hábito prazeroso

Ninguém disse que a disciplina precisa ser um fardo, tá, antigamente, podem ter dito mesmo. Mas hoje sabemos que ela é uma aliada e, antes de qualquer coisa, ela é um hábito, não uma punição. 

Para que essa mudança de mindset seja possível, crie algumas recompensas na sua rotina, como brindar um pequeno passo na sua trajetória, uma pequena vitória, um limite que você superou, enfim, comemore sempre que possível. 

Em outras palavras, a disciplina não pode existir só pelo resultado, mas pelo processo também, se sentir com atitude, fazendo por merecer, como uma força que faz acontecer, entende?

Portanto, adicione alguns ingredientes na receita da disciplina como flexibilidade, prazer, gratidão a cada passo, tempo para você.

Dessa forma, você evita a temida procrastinação e corre menos riscos de desistir dos seus sonhos e objetivos durante o caminho. Bom demais, não é?

Passo 4. Não deixe seu cérebro boicotar você

A nossa mente costuma nos pregar peças o tempo todo. Coisas do tipo: você merece, deixa pra depois, você não vai conseguir, você não sabe fazer isso, entre tantos outros boicotes. Quem nunca?

Por outro lado, se você tiver disciplina, você se condiciona a não seguir esses “conselhos” e a continuar no caminho, mesmo continuando ouvindo essa voz indesejada. 

Passo 5. Pratique a autorresponsabilidade

Vou ser curta e grossa agora: você não pode delegar a sua disciplina! Mesmo sendo muito mais fácil colocar a culpa e a responsabilidade das nossas coisas em outras pessoas, não caia nessa tentação porque ela só traz uma coisa: frustração. 

Portanto, se as coisas não saírem como o planejado, reflita qual foi o seu papel para que isso acontecesse dessa forma. O que você pode fazer diferente da próxima vez? Dessa maneira, você consegue ajustar a rota e evoluir. A sua meta deve ser maior do que as suas desculpas.

Passo 6. Dê o primeiro passo

Ter disciplina não é só planejar, é fazer. Gente que faz é gente que simplifica as coisas, que dá o primeiro passo, nem que seja bem pequeno. Na mesma linha, não espere o medo ir embora para agir. Faça hoje, agora, um pouco todos os dias. É só assim que você consegue chegar aonde você deseja. 

Se, mesmo com tudo isso que eu disse, você acha que não é capaz, fique perto de pessoas que são assim e veja como elas fazem. Você, provavelmente, vai perceber que elas também sentem medo, se sentem um fracasso muitas vezes, mas, mesmo assim, não se deixam paralisar. 

Concluindo, não faça corpo mole porque esse pode se tornar um hábito nocivo.

Passo 7. Organização mínima

Uma pessoa disciplinada quase sempre é uma pessoa organizada. Ela sabe criar e administrar uma rotina: o que fazer, o que não fazer, o que precisa ser feito imediatamente, o que pode ser deixado pra depois se necessário, o que precisa ser feito todos os dias, entre outros. 

Leia também: Existe fórmula para não sofrer com a administração do seu dia

Então, consegui te convencer de que sucesso está diretamente ligado ao seu nível de disciplina? Espero que sim e, mais do que isso, espero ter motivado você a usar a disciplina a seu favor.

Até a próxima!

Conheça a Mentoria Individual O Melhor que Você pode Ser

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here